Show More
Show More
Show More
Show More
Show More
Show More
Show More
Show More
Show More
Show More
Show More

Entre 64 estudantes, cerca de 40 nacionalidades diferentes. Em toda a turma, apenas um britânico, filho de britânicos. Nas salas de aula da Villier's High School, uma escola secundária na periferia de Londres, a diversidade cultural marcava presença.

 

Acontece que o convívio com as diferenças não vinha sendo muito amistoso: problemas de comunicação eram recorrentes entre os estudantes. Disposta a entender e mudar esse quadro, em 2007 e 2008, a diretora do colégio convidou uma equipe de arquitetos, pesquisadores e designers, entre eles Paula Dib, a pensar um projeto que pudesse fortalecer os vínculos de convivência da comunidade escolar.

 

O primeiro passo foi ouvir os próprios estudantes. Os depoimentos, gravados em vídeo, revelavam claramente a vontade dos jovens de deixar “uma marca” no mundo. Durante as entrevistas, funcionários, professores e alunos foram convidados a refletir: “O que é paz para você?”. Como era de se esperar num ambiente tão multicultural, a mesma pergunta gerou várias respostas diferentes. Deste rico mosaico de opiniões, surgiu uma mandala.

1/1

Criada a partir de desenhos dos estudantes, que representaram graficamente suas ideias sobre a paz, a mandala de 12 metros de diâmetro, pintada no pátio principal da Villier's High School, é mais do que uma simples forma circular. Ao mesmo tempo, a intervenção também não teve a pretensão de ser uma solução definitiva para os problemas do colégio. Antes de tudo, trata-se de um marco simbólico, construído coletivamente. E que inspira mudanças: naquele desenho, os jovens reconhecem suas “marcas” combinadas com várias outras. Como uma metáfora sobre a diversidade cultural presente naquele ambiente, vista de diversos ângulos, por toda a escola, é o que se expressa através da mandala: a beleza das partes em harmonia com o todo.

/// equipe

 

 

Paula Dib

Renata Mendes

Fernando Maculan

Bas Raijmakers e Geke van Dijk (STBY/Design Documentaries)

Yanki Lee (Helen Hamlyn Centre -Royal College of Arts)

Clara Gaggaro (Royal College of Arts Industrial Design Engineering)

 

 

[Período de realização: 2007 e 2008]